Há muito se arrasta a polemica sobre o fechamento ou não da General Motors que foi duramente atingida pela crise financeira que atingiu os Estados Unidos e se espalhou rapidamente pelo mundo trazendo grandes prejuízos a todos os países sendo que um dos setores mais fortemente atingidos foi o setor automobilístico. Todos os dias estão nos jornais Noticias do Mundo Automotivo dando conta de que as Venda de Automóveis estão em desaceleração na maioria dos países sendo que desde então a GM vem ameaçando fechar as portas nos Estados Unidos. Hoje a notícia muda um pouco, pois esta é de que a General Motors reduz seu império na tentativa de permanecer operando e tentar se restabelecer novamente.

Ações

Ações

No Brasil a GM continua firme e a aquisição de Carros Novos já voltou a crescer, portanto é somente nos EUA que a General Motors se obriga a reduzir seu império na tentativa de se salvar. Na verdade até o ano 2014 a GM pretende fechar nada menos do que a metade de suas concessionárias e esta noticia está no relatório enviado hoje ao governo americano, relatório este que comunica que a General Motors se vê obrigada a reduzir seu império para com isso tentar sair da crise em que se encontra e que vem a muito lutando para debelar.

Dinheiro

Dinheiro

Dizem que a crise já está dando sinais de que vai arrefecer e que as Vendas de Carros estão começando a subir, porém a GM não se encontra em condições de continuar funcionando no mesmo nível que mantinha até então, pois só nos Estados Unidos possui em torno de 6.200 Concessionárias de Automóveis e por certo com o fato da General Motors se obrigar a reduzir seu império fechando metade delas, a repercussão será grande e vai atingir muitas cidades onde o número de desempregados irá aumentar e a arrecadação vai diminuir trazendo mais dificuldades. Segundo o mesmo relatório que dá conta de que a General Motors se obriga a reduzir seu império também traz a previsão de que a empresa vá oferecer ações aos credores como forma de diminuir sua divida.

General Motors Reduz Seu Império

General Motors Reduz Seu Império

No mesmo documento a GM declara ainda que seja preciso que grande número de credores aceite receber suas ações caso contrário terá que pedir concordata o que fará até o dia 1° de junho, pois esta foi à data determinada pelo governo para voltar a auxiliar a empresa. Embora a procura por Carro Zero venha aumentando isto não resolve o problema da General Motors que se obriga a reduzir seu império para evitar a falência porém a negociação não está fácil pois o Departamento do Tesouro exige que 90% das dividas não avalizadas sejam trocadas por ações. A GM prevê ainda a manutenção de quatro marcas de carros, a Chevrolet, Cadilac, Buick e GMC, as demais se não forem vendidas serão fechadas.

Postado por Leandro Moreira
Na categoria General Motors
Tags:

Comments (0)

Inserir Comentário